Musas Podcast – Episódio 18 com Isabel Faia

 

Descrição do episódio

Há três anos atrás, nos hospitais públicos de Portugal, o pai não podia estar presente em caso de parto por cesariana. Nos hospitais privados, isso já não acontecia!

Movida pela valor de justiça social, a Isabel e uma amiga mobilizaram-se e lançaram uma petição que veio alterar a legislação. Desde 2016, que o pai tem portanto o direito a estar presente em caso de parto por cesariana.

O meu primeiro filho nasceu em 2016 e a minha filha em 2017. A informação que me foi dada foi a de que o pai não poderia estar presente caso tivesse que partir para cesariana no hospital público. Eu não sabia que a informação que me estava a ser dada era anticonstitucional!

Está cada vez mais claro para mim que o empoderamento feminino passa pela informação. Se ela não chega até nós, vamos nós até ela!

Nesta conversa com a Isabel, o foco não foi este assunto de partos e cesarianas. Porém, todas as nossas partilhas giraram em torno do empoderamento feminino e sobretudo da força que nos unirmos em círculo traz a esse empoderamento.

Cruzei-me com a Isabel assim que comecei o meu trabalho enquanto Coach. Foi pelas redes sociais que chegámos uma à outra e que seguimos os projetos profissionais de cada uma com interesse e admiração.

E nisto, em 2017, com dois filhos pequeninos, ela é diagnosticada com um cancro da mama e sujeita a uma série de cirurgias e tratamentos intensos. Pelas redes sociais, acompanhei à distância o apoio e amor que ela foi recebendo dos amigos. Este ano ela regressou em força facilitando os seus círculos de mulheres e os seus retiros.

Hoje trago-te a Isabel Faia, o mais próximo que já conheci do amor em pessoa.

SEGUE A NOSSA MUSA:

 

Referências Mencionadas no Episódio

  • Vanessa José (Vanniyama), a minha professora de yoga:
  • Episódio 15 do Musas da Vanessa José
  • Livro “Belonging: remember ourselves home” de Toko-pa Turner

Reflexão final

Espero que tenhas gostado de conhecer mais uma Musa e que saias desta conversa inspirada e mais empoderada.

Já sabes que a melhor parte do Musas acontece depois destes episódios, aqui no blog. Por isso deixa-me o teu comentário e vamos trocar ideias sobre este assunto.

Queres conhecer as próximas convidadas do Musas? Então subscreve a minha newsletter para teres acesso a essa e outras informações exclusivas para subscritores. Ao subscreveres a minha newsletter, receberás gratuitamente o meu novo ebook “Desperta para o teu Propósito”. Espero que gostes deste presente de boas-vindas.

Voltamos a conversar muito em breve.

Um beijinho,
Sofia

(Episódio editado por Fátima Teixeira).

Mostrar 2 comentários
  • Inês
    Responder

    Parabéns por mais uma deliciosa conversa <3
    Obrigada por nos dares a conhecer estas musas, Sofia. Também eu no ano de 2017, com 24 anos tive um linfoma e sem dúvida que considero que esse rótulo me desvaloriza. Até em questões burocráticas, como o simples facto de fazer um crédito habitação, como se torna muito mais difícil.
    Estou muito grata por todas as aprendizagens que me tens trazido. um beijinho grande e um xi-apertado.

    • Sofia de Assunção
      Responder

      Querida Inês, muito grata pela tuas palavras amorosas. Percebo o que dizes em relação a essa questão do rótulo. Nunca tinha pensado nessa forma de descriminação :S Seguimos expandido em consciência de maneira a criarmos um futuro diferente para as próximas gerações. Por um mundo mais igualitário e justo. Um grande beijinho e obrigada por me acompanhares nestas partilhas <3

Deixe um Comentário